A- A A+
  • Centro Municipal de Educação Infantil Recanto dos Baixinhos

  • Centro Municipal de Educação Infantil Precioso Tesouro

  • Centro Municipal de Educação Infantil Mãezinha do Céu

  • Centro Municipal de Educação Infantil Profª. Barbara Machado de Oliveira

  • Centro Municipal de Educação Infantil Profª. Aracy Salinet Vieira

  • Centro Municipal de Educação Infantil Maria Cristina Alves Pereira Wosny

  • Centro Municipal de Educação Infantil Profª. Idalina Soares Sobreira

  • Centro Municipal de Educação Infantil Carinho Materno

  • Centro Municipal de Educação Infantil Cantinho Feliz

  • Centro Municipal de Educação Infantil Menino Deus

  • Centro Municipal de Educação Infantil Alberto Spiaci

  • Escola Municipal Sebastião Luiz de Oliveira

  • Escola Municipal M. H. Alencar C. Branco

  • Escola Municipal Rotary Club

  • Escola Municipal Carlos Augusto Guimarães

  • Escola Municipal Vera Lúcia Pansardi Casagrande

  • Escola Municipal Maria Inês Rodrigues de Mello

  • Escola Municipal Ivanildes Gonçalves Nalim

  • Escola Municipal Helena Hatsue Kakitani

  • Escola Municipal Galdina Ferreira Gonçalves

  • Escola Municipal Almerinda Felizetti Nascimento

  • Escola Municipal Alice Roma Bott Schmitt

  • Escola Municipal Aldivina Moreira de Paula

  • Escola Municipal Mário de Menezes

Educação

Programação

 

CEMAAP

 

Centro Municipal de Avaliação e Acompanhamento Psicoeducacional

 

Ibiporã – PR


PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA

 

            SALA DE RECURSOS

             É um serviço especializado de natureza pedagógica que apóia e complementa o atendimento educacional realizado em Classes Comuns do Ensino fundamental de 1ª a 4ª séries.

          Os alunos que frequentam  as Salas de Recursos estão regularmente matriculados no Ensino Fundamental de 1ª a 4ª série e apresentam problemas de aprendizagem com atraso acadêmico significativo, distúrbios de aprendizagem e/ou deficiência mental, e que necessitam de apoio especializado complementar para obter sucesso no processo de aprendizagem na Classe Comum.

           A programação elaborada deverá contemplar as áreas do desenvolvimento cognitiva, motora, socioafetiva-emocional de forma a subsidiar os conceitos e conteúdos defasados no processo de aprendizagem, para atingir o currículo da Classe Comum, não devendo ser confundido com reforço escolar ( repetição dos conteúdos da prática educativa de sala de aula ).

          Atualmente no município existem 02 (duas) Salas de Recursos que funcionam na Escola Municipal Professora Maria Inês Rodrigues de Mello, sendo uma turma no período matutino e  uma turma no período vespertino totalizando aproximadamente 70 ( setenta ) alunos.

 

            CLASSE ESPECIAL

            É uma sala de aula em escola do ensino regular, em espaço físico e modulação adequada onde o professor especializado na área da deficiência mental utiliza métodos, técnicas, procedimentos didáticos e recursos pedagógicos especializados e, quando necessário, equipamentos e materiais didáticos específicos, conforme série do Ensino Fundamental, para que o aluno tenha acesso ao currículo da base nacional comum, a ser complementada em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar por uma parte diversificada, promovendo avaliação pedagógica contínua para a tomada de decisão quanto ao seu ingresso ou reingresso no ensino regular.

            Os alunos que frequentam a Classe Especial  apresentam deficiência mental  ou múltipla e demandam ajuda e apoio intenso e contínuo.

            Os conteúdos  a serem trabalhados deverão envolver tanto as áreas do conhecimento como as do desenvolvimento, isto é, o uso da linguagem oral e escrita e cálculos matemáticos, e as áreas da cognição sócioafetivo-emocional e motora.

            A Classe Especial deve adotar adaptações curriculares  de conteúdos, objetivos, avaliação, temporalidade, metodologias e espaço físico de acordo com as peculiaridades dos alunos.

            Os alunos da Classe Especial devem participar das aulas de Educação Física, Educação Artística e de todas as atividades extraclasse, junto com os alunos de outras séries, devendo estar com seus pares, respeitando a idade cronológica.

            O aluno poderá permanecer  na Classe Especial até completar 16 (dezesseis) anos. 

            Atualmente existem 05 (cinco) Classes Especiais no município que atendem 39 alunos,  localizadas nas Escolas:

            Escola Municipal Profª Alice Roma botti Schimitt      período vespertino

            Escola Municipal Prof Carlos A. Guimarães              período matutino.

            Escola Municipal Pref  Mário Menezes                     período matutino

            Escola Municipal Rotary Club                                 período vespertino

            Escola Municipal Profª Vera Lúcia P. Casagrande     período matutino

 

            SALA DE TRANSTORNOS  GLOBAIS  DO DESENVOLVIMENTO

             Os educandos que apresentam necessidades educacionais especiais, são aqueles que durante o processo educacional demonstram “dificuldades acentuadas de aprendizagem ou limitações no processo de desenvolvimento que dificultem o acompanhamento das atividades curriculares, compreendidas em dois grupos: aquelas não vinculadas a uma causa orgânica específica; aquelas relacionadas a condições, disfunções, limitações ou deficiências.

            Dentro desse grupo encontram-se os alunos com dificuldades de adaptação escolar por manifestação de condutas típicas. Saõ as dificuldades causadas por comportamentos que tendem a prejudicar e por vezes inviabilizar as relações do aluno com seu professor e /ou com seus colegas com os materiais de uso pessoal e coletivo e ainda o processo ensino aprendizagem.

            Tais comportamentos se manifestam num contínuo, desde a simples inquietação natural em crianças, até comportaments muito bizarros característicos de quadros graves. A idéia do espectro aplica-se também à variação da complexidade da manifestação comportamental em si mesma.

            Quando a escola não pode oferecer nenhum tipo de apoio, as crianças costumam ser encaminhadas para outro estabelecimento. Mas anterior a essa orientação, deve-se proceder observações cuidadosas que facilitem uma análise global da situação, evitando-se encaminhamentos desnecessárias e inadequados.

            Condutas típicas de síndromes e quadros psicológicos, neurológicos ou psiquiátricos.

            Está modalidade de  atendimento ocorre em uma Sala de aula situada na Escola Rotary Club no período matutino.

 

 

Fontes:

-    Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9394/96

-  Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica (Resolução nº 2, de 11 de setembro de 2001)

-  Resolução 02/01 – CNE

-  Deliberação 02/03 – CEE – PR