-

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

18/10/2019 15:06

Fim de semana no 15º Festibi, no Cine Teatro de Ibiporã. Venha assistir!

Fotos Crédito: divulgação: Secretaria de Cultura e Turismo-PMI

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura e Turismo/ PMI

O 15º Festibi (Festival de Teatro de Ibiporã 2019) prossegue neste fim de semana, no Cine Teatro Padre José Zanelli, com três peças às 20h30 - sexta, sábado e domingo - todas com entrada gratuita e a participação de grupos de Arapongas, Londrina e Ponta Grossa.

Nesta sexta (18/10)
, às 20h30, a Cia. Interligados, de Arapongas, apresenta “O Objeto do Meu Amor” (classificação 16 anos). Resumo: O homem é um animal condenado à eterna a busca por algo ou alguém capaz de livrá-lo da angústia de se saber só em um mundo sórdido e embrutecido... um animal preso a um inquieto desejo de poder e mais poder que só termina com a morte... “O homem é o lobo do homem...” 

No sábado (19/10)
, 20h30, o Coletivo Quimera, de Londrina, apresenta “Sob Escombros” (37min - classificação 14 anos). O Quimera privilegia processos criativos desenvolvidos a partir da fusão de técnicas circenses com técnicas teatrais e dança contemporânea. A partir de narrativas textuais, composições coreográficas, acrobacias de solo, contorção e malabares, o elenco do espetáculo Sob Escombros formado por jovens artistas, técnicos em teatro e artes circenses pelo Centro Marista Irmão Acácio e estudantes de Artes Cênicas da UEL, representa situações de violência decorrentes da cultura machista arraigada em nossa sociedade. O roteiro de cenas, os textos, as canções e desenhos coreográficos que compõem a dramaturgia do espetáculo Sob Escombros, foram construídos coletivamente por meio de laboratórios de criação e rodas de conversa, tendo as temáticas “violência contra a mulher”, “masculinidade tóxica” e “empoderamento feminino” como norte para a realização do trabalho.

E no domingo (20/10)
, às 20h30, o Grupo Flogisto, de Ponta Grossa, encena “Arara, Gralha e Pinhão, até quando existirão?” (40 min - classificação livre). O espetáculo trata de forma envolvente e poética temas como a biopirataria, extinção de espécies e a ganância humana. Conta a história de duas aves ameaçadas de extinção, uma ararinha azul que foge do Parque das Aves em Foz do Iguaçu e se torna amiga de uma gralha azul em uma floresta no Paraná. Na floresta, tentam salvar a mulher do João-de-barro que foi presa pelo marido em sua casa, até que são surpreendidas por um caçador. Quando tudo parece perdido, conseguem dar uma lição ao caçador e demonstrar o seu valor para a natureza.

O Festibi vai até o próximo dia 28/10, com espetáculos gratuitos todos os dias no Cine Teatro. O público deve retirar os convites para cada peça na Secretaria de Cultura e Turismo (Av. Dom Pedro II, 368 - Ibiporã) de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou meia hora antes de cada espetáculo na bilheteria do teatro.

Veja a agenda completa de espetáculos no link:

culturaeturismo.ibipora.pr.gov.br/noticia/mostrar/id/1430/titulo/confira-a-programacao-completa-do-15%25c2%25ba-festibi