CAPS ADULTO

 

Centro de Atenção Psicossocial Cecília Peruco Deliberador

  

ATENDIMENTO: Segunda a sexta-feira | 07h às 17h

ENDEREÇO: Rua Francisco Candido Pereira, nº 22, Centro, Ibiporã-PR

TELEFONE: (43) 3178-0367 | 3178-0244

E-MAIL: [email protected]

COORDENADOR(A): Andrea Moreira Januário
 

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS I) é uma unidade de saúde mental especializada no atendimento diário a pacientes com quadros de transtornos mentais graves e persistentes e/ou que fazem uso abusivo (prejudicial) de álcool e outras drogas. Seu objetivo é voltado para ações de prevenção, assistência e reabilitação, com ênfase no desenvolvimento de autonomia do usuário e a sua reintegração e reinserção social. 

 


 


SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS:

  • Acolhimento inicial (pacientes novos);
  • Atendimento individual ao paciente (medicamentoso, psicoterápico, de orientação, acolhimento, entre outros);
  • Atendimento social;
  • Consulta e atendimento de enfermagem;
  • Atendimento Familiar;
  • Atendimento Domiciliar;
  • Atendimento Psicológico;
  • Grupos Terapêuticos;
  • Oficinas Terapêuticas;
  • Consulta Psiquiátrica;
  • Discussões de casos a fim de traçar projeto terapêutico individual - PTS;
  • Ações de Articulação com a rede de saúde;
  • Ações de Redução de Danos;
  • Ações de Reabilitação Psicossocial e Reinserção Social no território;
  • Atividades intersetoriais (saúde, educação, assistência social, cultura, esporte, trabalho, justiça, igrejas, comunidade, entre outras);
  • Atenção à situações de crise.



INFORMATIVOS:

  • O atendimento do CAPS I é feito para adultos, a partir de 18 anos, moradores do município de Ibiporã.
     
  • O acesso ao CAPS I ocorre através do acolhimento diário à população, que pode procurar o serviço diretamente ou por encaminhamentos advindos de outros serviços de saúde (UBS, UPA, Hospitais), ou outros setores.
     
  • O tempo de duração do tratamento no CAPS I é indeterminado. Algumas variáveis precisam ser verificadas para o planejamento da alta e seguimento do acompanhamento do paciente na Atenção Primária, dentre elas: a estabilização do quadro, o suporte familiar e social, o fortalecimento da autonomia do paciente, etc.