CAPS IFANTIL

 

Centro de Atenção Psicossocial Irmã Anália dos Santos

  

ATENDIMENTO: Segunda a sexta-feira | 07h às 17h

ENDEREÇO: Rua São Vicente de Paula, nº 215, Jardim Pérola, Ibiporã-PR

TELEFONE: (43) 3178-0341

E-MAIL: [email protected]

COORDENADOR(A): Aldry Franciele Teixeira
 

O CAPS Infantil atende crianças com transtornos mentais graves e persistentes. É um serviço de atenção diária, que raliza atendimento psicossocial, destinado ao cuidado de crianças/adolescentes gravemente comprometidos; estando incluso nesta categoria atendimento de estimulação precoce, autismo, psicoses, neuroses graves, ansiedade grave, transtorno bipolar, TOC, usuário de substancias psicoativas, tentativas de suicídio, depressão grave entre outros.

 


 

SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS:

  • Acolhimento diurno;
  • Atendimento individual ao paciente (medicamentoso, psicoterápico, de orientação, acolhimento, entre outros);
  • Atendimentos em grupos (psicoterapia, atividades de suporte social, entre outras);
  • Atendimentos em Oficinas Terapêuticas;
  • Visitas domiciliares e escolares;
  • Atendimento em grupo de famílias;
  • Ações de reabilitação psicossocial;
  • Ação de articulação de rede;
  • Discussões de casos a fim de traçar projeto terapêutico individual - PTS;
  • Atividades intersetoriais (saúde, educação, assistência social, cultura, esporte, trabalho, justiça, igrejas, comunidade, entre outras);
  • Atenção à situações de crise;
  • Ações de redução de danos;
  • Ações de Reabilitação Psicossocial e Reinserção Social no território;
  • Atendimento social;
  • Consulta psiquiátrica.


INFORMATIVOS:

  • O atendimento do CAPS i é feito para crianças e adolescentes até 17 anos, 11 meses e 29 dias.
     
  • A família pode procurar diretamente o serviço (demanda espontânea), ou vir encaminhada pelos serviços existentes na rede municipal, tais como escolas, Conselho Tutelar, CRAS, CREAS, MP, entre outros.
     
  • O tempo de duração do tratamento no CAPS I é indeterminado. Algumas variáveis precisam ser verificadas para o planejamento da alta e seguimento do acompanhamento do paciente na Atenção Primária, dentre elas: a estabilização do quadro, o suporte familiar e social, o fortalecimento da autonomia do paciente, etc.